Histórico


Histórico do Curso

A Computação na UFC

Desde 1975 a UFC oferece cursos de graduação na área de Ciência da Computação e TICs, tendo iniciado com a formação de Tecnólogo em Processamento de Dados, posteriormente transformado em Bacharelado em Ciência da Computação (1985). O Departamento de Computação da UFC realizou esforços de formação de professores doutores e, em 1995 inaugurou a pós-graduação stricto sensu com o Mestrado em Ciência da Computação. Dez anos mais tarde, em 2005, foi criado o Doutorado em Ciência da Computação. O departamento oferta 60 vagas anuais de graduação no turno diurno. Apesar de a Universidade estar presente em ao menos seis cidades, Fortaleza era até então a única onde havia oferta de vagas desse importante curso. Atualmente, no âmbito da UFC, são oferecidos cursos da área, ou afins, em cinco campi, sendo eles: Ciência da Computação, Engenharia de Computação e Sistemas e Mídias Digitais ofertados no Campus do Pici; Engenharia da Computação ofertado no Campus de Sobral; Ciência da Computação e Engenharia de Software ofertados no Campus de Russas; Ciência da Computação e Sistemas de Informação no Campus de Crateús; e Sistemas de Informação, Engenharia de Software, Redes de Computadores, Engenharia de Computação e Design Digital, além deste curso de Ciência da Computação, ofertados no Campus de Quixadá.

A Ciência da Computação em Quixadá

Surgido no contexto de um campus temático em Tecnologia da Informação com o propósito de inserir a dimensão científica da área no rol de profissionais formados, o Bacharelado em Ciência da Computação do Campus de Quixadá visa uma forte ênfase teórica nos componentes básicos da estrutura curricular de cursos dessa área, que se faz imperiosa em virtude das frequentes mudanças tecnológicas que caracterizam a área de Computação e Informática. Os cursos vigentes no Campus à época não contemplavam tais bases teóricas em sua totalidade ou ofereciam-nas apenas de forma optativa, tendo em vista que os cursos existentes possuíam uma ênfase diferente da pretendida com o Curso de Ciência da Computação.

Assim sendo, o Curso de Ciência da Computação veio a complementar os cursos já existentes quanto à questão da formação abrangente e aprofundada nas teorias, e é complementado pelo curso de Sistemas de informação em relação à abordagem mais humanística e direcionada às necessidades do mercado. Já os cursos de Bacharelado em Engenharia de Software e Tecnologia em Redes de Computadores oferecem aprofundamento em áreas que a ciência da computação abrange de forma mais pontual, de forma que também oferecem algum complemento ao curso aqui proposto.

Sua criação entra em consonância com o PDI da instituição para os anos 2013-2017, segundo as Estratégias e Ações constantes no “Objetivo 1” do Programa “Expansão da Oferta de Ensino”, item 5.1.2.1 (Expansão dos campi e das unidades acadêmicas existentes) e do Planejamento Estratégico do Campus para os anos 2013-2016, segundo o Macro-Objetivo 1.5 (Consolidar a Graduação do Campus).

Criado pela Resolução CONSUNI/UFC nº 21/2012, homologada pela Resolução CONSUNI/UFC nº 29/2012, o curso iniciou suas atividades a partir do ano de 2013 tendo ofertados suas vagas através do processo de seleção ENEM/SiSU. Teve sua autorização decretada através da Portaria DIREG/MEC nº 332/2014. Trata-se de um curso que não conta, até a presente data, com Diretrizes Curriculares Nacionais específicas vigentes, estando essas aguardando homologação do Parecer CNE/CES nº 136/2012.

Histórico do Campus

O Campus de Quixadá, criado como unidade acadêmica através do Provimento nº 07/CONSUNI, de 04 de setembro de 2006, iniciou suas atividades em 2007 com o curso de Bacharelado em Sistemas de Informação, diurno, em instalações cedidas pela Prefeitura Municipal de Quixadá provisoriamente no prédio que sediou a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Ceará (Epace). No ano de 2010, foram criados mais dois novos cursos, a saber: o Bacharelado em Engenharia de Software, diurno; e, o curso Tecnológico em Redes de Computadores, noturno.

Em março de 2012, a primeira etapa do Campus foi concluída e é constituída de um bloco acadêmico com salas de aula, laboratórios e salas para professores com 1.400 m². Além disso, foi iniciada a construção da segunda etapa com mais um bloco didático com 1.400 m², área de convivência e urbanização. Com a conclusão da segunda etapa em 2013, o Campus iniciou o quarto curso de Tecnologia de Informação e Comunicação (TIC), Ciência da Computação, diurno. Em 2014, deu-se início a construção da terceira etapa do campus, que consiste de um bloco de 1.500 m² para atender ao Refeitório Universitário, espaço para 250 pessoas simultaneamente, e área administrativa do campus e de atendimento aos estudantes, através do Núcleo de Atendimento Social (NAS) do Campus de Quixadá.

Com o objetivo de expandir e consolidar o Campus de Quixadá na área de TIC, no ano de 2013, foi pactuado com o MEC dois novos cursos de TIC, a saber: Engenharia de Computação; e Design Digital. Os Projetos Pedagógicos dos referidos cursos foram elaborados e aprovados no ano de 2014 e tiveram início das atividades no primeiro semestre de 2015. Para complementar a infraestrutura física que atende aos cursos do Campus de Quixadá, dois novos blocos acadêmicos, com 1.400 m² cada, foram licitados em 2014 e encontram-se em execução.

A intenção do Campus de Quixadá é oferecer cursos de graduação para a formação de profissionais de excelência na região do Sertão Central cearense, com base em competências e práticas profissionais atualizadas. Esse objetivo alinha a oferta de estudantes que se formam no ensino médio da região com a demanda global por profissionais de computação, dando-lhes oportunidade de uma carreira promissora e favorecendo o desenvolvimento regional através da produção de TICs. Mais que isso, os egressos dos cursos de TICs são capacitados para participar em atividades de pesquisa, possibilitando sua participação para o desenvolvimento científico e tecnológico. Tal desenvolvimento pode influenciar diretamente na criação de novas empresas no setor de TIC ou inovação para serviços já existentes, mais uma vez reforçando o potencial do Sertão Central cearense como polo produtor de TIC.

O Campus da UFC em Quixadá encontra-se situado na Av. José de Freitas Queiroz, nº 5003, Bairro Cedro Novo, Quixadá, Ceará.

©2017 - Universidade Federal do Ceará - Campus Quixadá. Todos os direitos reservados.